Goleiros tem preparação específica na pré-temporada do Atlântico

Trabalhos vão se intensificando no sentido de deixar profissionais prontos para os jogos

 O Atlântico entrou na sua terceira semana de pré-temporada. E não são apenas os jogadores de linha que vão tendo cada vez mais trabalhos técnicos e táticos, mas também os goleiros.

O preparador, Gustavo Werlang, ressalta que após um período em que a preparação física ganhou ênfase, agora os goleiros começam a trabalhar de maneira mais direcionada para os jogos.

IMG_0992-2 (Copy)

“Aos poucos, mesmo durante as primeiras semanas, já trabalhamos no sentido de introduzir algumas atividades coordenativas com fundamentos e técnicas específicas para os goleiros”, destaca.

IMG_0962-2 (Copy)

“Aos poucos vamos implantando nossa filosofia de trabalho e colocando para eles pontos educativos que desenvolvem a parte da defesa”, amplia Gustavo. Segundo ele, são necessários cerca de 30 dias de trabalho para que os goleiros tenham uma boa preparação e fiquem a disposição para os jogos.

Este ano, a equipe do Galo terá como goleiros Jackson e Léo, que já compuseram o elenco de 2019 e a chegada de João Paulo.

IMG_0978 (Copy)

Para Jackson, já é possível notar evolução nos trabalhos da pré-temporada. “Sabemos que este é um trabalho fundamental para que a gente consiga estar bem preparado para os jogos”, completa.

O Atlântico terá seus primeiros amistosos ainda neste mês, ambos diante do Joaçaba, nos dias 18 e 21.

Esta ação integra o projeto Atlântico Futsal Campeão, que é financiado pelo Governo do estado do Rio Grande do Sul por meio do Pró-Esporte RS – Lei de Incentivo ao Esporte.